Um trio suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas e com o porte ilegal de arma de fogo foi capturado, na manhã dessa quinta-feira (15), por equipes do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), da Polícia Militar do Ceará (PMCE), no bairro Canindezinho – Área Integrada de Segurança 9 (AIS 9) de Fortaleza. Além da prisão, foram apreendidas armas e drogas.

Os PMs receberam informações sobre indivíduos que estariam escondendo armas de fogo e drogas em uma residência no bairro Canindezinho. Diante disso, as equipes realizaram diligências, e ao chegarem ao local, encontraram vários suspeitos tentando fugir logo que perceberam a aproximação da viatura.

Foram realizadas diligências e três dos suspeitos foram capturados. Os homens foram abordados e os PMs fizeram buscas no imóvel onde eles estavam, antes da tentativa de fuga. No local, foram encontradas quatro armas de fogo artesanais, dentre elas, três espingardas, além de uma munição calibre .380, 23 pedras de crack, uma quantia em dinheiro e sacos plásticos utilizados para embalar drogas. O material foi encontrado dentro da caixa d’água.
Com isso, os suspeitos foram conduzidos ao 8º Distrito Policial (DP), da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), onde foram devidamente identificados. Um deles, Igor Matias De Souza (19), sem antecedentes criminais, apresentou um nome falso. Os outros dois foram identificados por Antônio Carlos Silva Medeiros (21), com passagens por crimes contra administração pública, tráfico ilícito de drogas e uso de entorpecentes; e Patrick Silva Cordeiro (28), com passagens por tráfico ilícito de drogas, furto e posse irregular de arma de fogo.

O trio foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Além disso, Igor, que apresentou nome falso, foi autuado pelo crime de apresentar documentação falsa. A ocorrência foi transferida ao 19°DP, onde a Polícia Civil apura se o trio tem envolvimento em crimes registrados na localidade.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) ou para o (85) 3101-4910, do 19º DP. O sigilo e o anonimato são garantidos

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook