Um homem de 34 anos foi preso sob suspeita de abusar sexualmente de uma criança de 10 anos e de uma adolescente de 13. O investigado, que é ex-padrasto da menina mais velha, foi preso preventivamente pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), nessa terça-feira (20), em Maracanaú – Área Integrada de Segurança 12 (AIS) do Estado. Segundo levantamentos investigativos, ele aproveitava que a enteada estava com a criança mais nova para cometer o crime com as duas vítimas

Assim que as autoridades policiais foram procuradas pelas mães das vítimas, em julho deste ano, a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Maracanaú iniciou as investigações a fim de apurar o caso, bem como prender o suspeito do crime. Segundo o que foi colhido no curso das apurações, o alvo, que até então não possuía antecedentes criminais, abusava sexualmente da sua enteada, uma adolescente de 13 anos, e também de uma colega dela, uma criança de dez anos.

As diligências indicaram ainda que a adolescente era abusada sexualmente desde os oito anos de idade. Com isso, as autoridades policiais representaram pela prisão preventiva pelo crime de estupro de vúlnerável, que foi deferida pelo Poder Judiciário. Na tarde de ontem, o mandado foi cumprido. Com isso, o alvo foi conduzido à DDM de Maracanaú, onde foram realizados todos os procedimentos cabíveis.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias também podem ser encaminhadas para o telefone (85) 3371- 7835 da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Maracanaú. O sigilo e o anonimato são garantidos.

 

* A identificação do suspeito não foi publicada neste texto para não expor as vítimas.

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook